3 erros que você não pode cometer na decoração do quarto

2743

Provavelmente você já teve a experiencia de entrar em um quarto de hotel e perceber que tudo é perfeitamente proporcionado, a cama é bem feita e a iluminação lança um brilho suave em móveis atraentes e funcionais. A obra de arte é atraente, mas não avassaladora. Será que é tão difícil reproduzir o mesmo visual em casa?

Hoje vamos te mostrar 3 erros que você não pode cometer na decoração do seu quarto.

Erro 1: Esquecer a arte.

Muitas vezes o quarto é esquecido quando se trata de obras de arte, os designers Melissa Rothblum e Julie Kleiner, da Massucco Warner Miller, diz que “É fácil colocar os elementos básicos no quarto e deixar as paredes à mostra.” Embora as pessoas reservem suas melhores obras de arte para a sala de estar, Rothblum e Kleiner sugerem dar a mesma atenção à arte no quarto: “Você vai dormir e acordar no seu quarto quase todos os dias, por que não ver algo maravilhoso que te inspire a viver o melhor dia da sua vida?”

Erro 2: Desconsiderar a iluminação.

É muito triste quando o teto de um quarto é enfadonho. Uma boa iluminação faz toda diferença. Não há regra que diga que os lustres são reservados para salas de jantar. Porque não no quarto?

Para o designer de interiores Tim Campbell , um quarto é mais do que apenas iluminação do teto, luzes de leitura também são essenciais: “Adicione iluminação indireta e de trabalho que mantém o brilho da luz longe dos olhos”, diz ele.

Erro 3: Ignorar a desordem.

“Um quarto deve ser relaxante e respirável”, dizem Shannon Wollack e Brittany Zwickl do Studio Life.Style. Elimine itens desnecessários e certifique-se de que a mobília não é muito grande. Um criado mudo com gavetas pode ajudar a na organização. Você pode guardar livros, carregadores e outras necessidades. Para os itens que você deseja manter à vista, basta organiza-los na parte de cima.

Gostou das dicas? você pode compartilhar sua opinião nos comentários.

Se você estiver procurando casa para comprar ou alugar, nós podemos te ajudar. “Clique aqui”

compartilhe esse artigo