05 Aplicativos para ajudar na saúde mental

2402

Para desviar dos danos causados pelo excesso de informação, alguns apps procuram trazer mais foco e disciplina para o dia a dia de usuários.

É verdade que a tecnologia trouxe mudanças incríveis para a sociedade, mas, também é verdade que o uso em excesso pode trazer estragos para a saúde física e mental – sobretudo se tratando do uso descontrolado das redes sociais.

Existem alguns aspectos da vida que podem ser afetados negativamente pelo excesso de uso das redes sociais, e que muitas vezes não são notados conscientemente:

AUTOESTIMA

Inseguranças podem ser enaltecidas ao estabelecer comparações com fotos esteticamente perfeitas do Instagram, ou ao monitorar status de relacionamentos no Facebook;

CONEXÃO HUMANA

As redes sociais podem fazer com que as pessoas caiam na zona de conforto da comunicação, e passem a evitar contato cara-a-cara, entrando em uma área de isolamento, aumentando a ansiedade social;

MEMÓRIA

Apesar de parecer uma boa ideia recordar fotos e eventos através das redes sociais, essa atividade pode causar uma distorção nas lembranças e pioram nossa capacidade mental de recordar fatos por conta própria;

SONO

A luz dos aparelhos eletrônicos inibe a produção de melatonina, o hormônio do sono, piorando nossa capacidade de dormir;

FOCO

A mente humana não foi desenvolvida para ser bombardeada por tantas informações em tão pouco tempo, o que nos torna muito mais distraídos e procrastinadores;

SAÚDE MENTAL

Mais de um terço da Geração Z declarou que as redes sociais os fazem se sentir mais ansiosos, tristes ou deprimidos.

REDUZIR PARA RECONECTAR

Um estudo feito pela Universidade da Pensilvânia mostrou que pessoas que reduzem o uso diário das redes sociais para 30 minutos ao dia se sentem significativamente melhores após um período de três semanas, relatando redução nos níveis depressão e solidão, inclusive entre os casos mais graves das doenças.

Pensando em trazer benefício para a saúde mental, reunimos aqui 05 aplicativos que podem ajudar, confira:

1- Space: find your phone life balance:

Aplicativo/extensão desenvolvida para romper o vício por celular e computador. Foi classificado pelo Google Play como um dos aplicativos mais essenciais para o cotidiano. Com ele é possível rastrear hábitos diários de utilização da Internet, determinar seu perfil comportamental e estabelecer metas de quebra de vícios, com acompanhamento e compartilhamento de progresso diário. O app também fornece um curso de 8 dias que ajuda a solidificar essas mudanças de hábitos.

2- Forest: stay focused:

Aplicativo para dispositivos móveis ou browser que foi eleito o melhor app de produtividade pela Google Play, além de ter sido indicado como melhor na categoria de impacto social em 2018. O Forest usa elementos de gamificação para manter o usuário longe das redes sociais enquanto precisa desenvolver uma tarefa. Ao iniciar o jogo, é plantada uma árvore, que vai crescendo, dando frutos e desbloqueando novas espécies à medida que você se mantém afastado do celular ou computador. Ao fechar o aplicativo, a árvore morre, e você é obrigado a recomeçar. Como se não fosse o suficiente, a desenvolvedora do jogo estabeleceu uma parceria com uma organização de plantio de árvores reais, que planta árvores à medida que os jogadores gastam moedas do jogo. Mais de 500 mil árvores reais já foram plantadas com base nos sucessos dos jogadores.

3- Happify:

Aplicativo que carrega diversas atividades, exercícios e jogos rápidos, desenvolvidos por especialistas em psicologia cognitivo-comportamental, para aumentar os níveis de felicidade. As estratégias oferecidas são comprovadas cientificamente, e seus desenvolvedores afirmam que 86% dos usuários se sentem mais felizes em dois meses de utilização do programa. O aplicativo também oferece meditações guiadas e rastreadores de progresso.

4- Headspace:

É um dos apps mais populares de meditação do momento, com exercício voltados para diferentes focos, como ansiedade, sono, crises emocionais, crescimento pessoal ou até mesmo meditações ativas, feitas durante corridas e caminhadas. Foi desenvolvido por um ex-monge budista, que ensina todos os passos da atenção plena, desde o básico ao avançado. O aplicativo promete resultados a partir de 10 dias de utilização, por ao menos 10 minutos ao dia.

5- Buddihfy:

Também é um app que fornece soluções baseadas em meditações diárias, com o diferencial de ter sido projetada para pessoas com rotinas muito corridas, que não conseguem encontrar tempo para meditar. Criaram um método chamado “meditação on-the-go”, que permite que o usuário atinja a atenção plena enquanto se desloca para o trabalho, ou enquanto desempenha diversas atividades do dia a dia, como ao fazer refeições, escovar os dentes ou ao despertar. As meditações duram de 4 a 30 minutos, e podem ser feitas por usuários inexperientes ou avançados.

fonte: consumidormoderno

compartilhe esse artigo